Quero engravidar! Como conversar isto com meu parceiro?

Não há uma receita pronta para abordar seu parceiro sobre a vontade de engravidar. Vai depender de cada relação. Há casais que demoram anos. Outros decidem em poucos meses. O primeiro passo, indiscutivelmente, é ter a sua própria certeza. Lembre-se: a mulher é quem vai gerar a criança, ela terá seu corpo transformado e, no primeiro ano de vida, exercerá um papel muito mais primordial do que o do homem. A decisão de engravidar tem de ser tomada a dois. Se o seu companheiro não quiser, as chances de haver problemas antes, durante e depois da gestação são imensas. Ter um filho é uma responsabilidade para toda a vida, ao mesmo tempo em que traz para ela um novo e gigantesco significado. O amor dos pais pelos filhos é o maior do mundo. Antes de se preocupar em escolher as palavras certas, é preciso tocar numa questão que até pode ser espinhosa, dependendo do caso: você está com um parceiro que alimenta os mesmos sonhos que os seus? Ainda antes da fecundação, diz a psicologia, quando um casal pensa em ter um filho, essa criança, de alguma forma, já ocupa um espaço. O contexto que precede a gravidez fará parte da história do bebê. Esta criança é querida pela mãe? É desejada pelo pai? E os avós? O que pensam sobre o nascimento? E o restante da família? Ao tomar a decisão de engravidar e, em seguida, ao iniciar as tentativas, você já estará começando a construir a história do seu filho. A gravidez e a vida profissional Você precisa discutir com seu parceiro sobre a questão da disponibilidade... ler mais

Qual a melhor frequência para o sexo para engravidar?

Nem sexo demais, nem sexo de menos atrapalham as tentativas de engravidar. Mas a fecundação será menos complicada de acontecer, com certeza, se a ansiedade não se tornar exagerada em relação ao desejo de ter filhos. Principalmente na mulher, a instabilidade emocional e o estresse podem interferir nos níveis hormonais, diminuindo as chances de engravidar. As tensões constantes podem gerar crises, até o ponto de enfraquecer a libido e reduzir as relações sexuais com o parceiro. Portanto, o melhor a se fazer é relaxar e não se desesperar quando se está tentando engravidar, porque é perfeitamente normal que um casal saudável e em idade fértil leve um ano ou mais tentando a fertilização pela via natural. Com o objetivo de engravidar, o que conta não é exatamente a quantidade de sexo, mas a qualidade do ato, sendo feito com muita atenção e carinho. Mas, em relação à frequência do sexo e como ele é feito, algumas dicas podem ser seguidas para aumentar as chances de que uma gravidez aconteça de forma natural e mais rápida. Priorize o sexo durante o período fértil Manter relações sexuais diariamente ou em dias alternados durante a semana que antecede a ovulação intensifica de forma considerável as oportunidades de se conseguir uma gestação. Isso porque o organismo masculino precisa de um intervalo de dois a quatro dias para repor o líquido seminal de maneira satisfatória para a fecundação, melhorando só aí a sua qualidade em relação à motilidade e contagem de espermatozoides. Um ou dois dias, pelo menos, de abstinência ejaculatória fará com que o homem deixe seu esperma em condições ideais para fertilização... ler mais

7 coisas para se fazer antes de engravidar

Antes de engravidar, é preciso que a mulher sinta que aproveitou bem os anos pré maternidade, já que com o filho virão grandes responsabilidades. Se você está planejando ter um filho nos próximos anos e não sabe como se estabilizar e divertir antes disso, confira nossas dicas e faça tudo que tem direito e é prudente antes da sua gravidez! Fazer a viagem dos sonhos Se você tem um plano de viagem longa, de volta ao mundo ou um mochilão aventureiro, saiba que é mais proveitoso fazer esse tipo de viagem sem filhos. Junte um dinheiro, direcione-o para essa viagem e aproveite as maravilhas que o mundo tem para oferecer. Se jogue sem culpa nessa sua aventura! Focar na vida acadêmica Aproveite o tempo que tem para si e foque na sua formação acadêmica. Se já possui um diploma de graduação, invista em uma pós, MBA, mestrado, doutorado… participe de workshops, palestras e dê tudo de si para aprender e se especializar na área de seu interesse. Assim, quando for mãe já estará com a vida acadêmica bem resolvida e cheia de habilidades que garantem um futuro melhor para você e para o futuro bebê. Se estabilizar profissionalmente A sua carreira é importante para a estabilidade financeira e conforto que será proporcionado para o bebê. Além de se especializar academicamente, corra atrás de oportunidades de promoções e bônus que possam acontecer no seu trabalho. Além do mais, é saudável não abandonar seus afazeres fora de casa após o parto, e uma profissional bem estabelecida será reconhecida após voltar da licença maternidade, principalmente se mantiver o foco e o bom... ler mais

Não consigo engravidar nos dias férteis. O que fazer?

Já faz um tempo que você está tentando engravidar e pensou que aconteceria rapidamente caso prestasse atenção no seu período fértil. No entanto, depois de muitas tentativas, nada aconteceu. Calma! Ao contrário do que muita gente pensa ficar grávida pode levar um tempo. Em primeiro lugar é bom checar se você realmente sabe qual é o seu período fértil, ou seja, a época em que está ovulando. Se a sua menstruação é regular deve acontecer a cada 28 dias. Isso significa que no 14º, contando a partir do primeiro dia do sangramento e não do último como grande parte das pessoas pensa, as chances de engravidar são consideravelmente maiores. Se você está com a saúde em dia e sabe exatamente o seu período fértil, talvez esteja sendo traída pela ansiedade. Estar bem emocionalmente é de extrema importância nesses momentos. Um dos segredos é relaxar Faça uma análise rápida. Pense em todas as vezes que você se deixou tomar pela ansiedade e o nervosismo. Essas sensações te ajudaram de alguma forma? Assim como diante de qualquer outra situação, quando a mulher está tentando engravidar o ideal é manter a serenidade. Se a mulher está estressada, o hipotálamo -uma glândula do cérebro que ajuda a regular os hormônios da ovulação- não funciona como deveria. Isso significa que as chances de engravidar, mesmo no período fértil, diminuem sensivelmente. Aproveite o ato sexual. Não fique imaginando a cada relação que a finalidade é a gravidez. Muitas vezes, quando menos se espera, o sonho se realiza. Dessa forma você também se liberta da frustração, outro sentimento que não contribui em nada. O que mais... ler mais

Infertilidade: Como lidar com este problema?

Você fez tudo como manda o figurino. Pensou em cada detalhe. No entanto, já faz um tempo que está tentando engravidar e até agora nada. Apesar de toda a frustração saiba que não está sozinha. Há muitos casais pelo mundo enfrentando a mesma dificuldade. A solução? Existem várias. Por conta do avanço da medicina, casais encontram hoje diversos tratamentos. Procedimentos com altos índices de sucesso e acessíveis para todas as idades e classes sociais. Por isso não fique achando que o mundo é injusto e que você não tem uma saída. Levante a cabeça e siga em frente. Não se coloque no papel de vítima achando que a culpa é sua. Apenas um terço dos casos de infertilidade é causado por problemas exclusivamente da mulher ou do homem. Na grande maioria das vezes é uma associação de dificuldades dos dois lados. O diagnóstico Você realmente constatou que não consegue engravidar. Então é hora de consultar um médico. É importante saber que nesse processo tanto o homem como a mulher passarão por avaliações. Geralmente, um dos primeiros procedimentos é a realização do espermograma que consiste na coleta e análise do esperma. Em 99% dos casos, a partir desse exame é possível constatar se a causa é masculina, o que já descarta logo de cara as outras possibilidades. Se não for, seu médico iniciará uma investigação mais profunda a respeito do problema. Nesse momento será a vez da mulher passar por uma avaliação mais intensa. Quando aparentemente não se consegue detectar uma dificuldade de ambas as partes, os médicos podem partir para o estímulo da ovulação. Às vezes, esse procedimento já... ler mais

Dificuldades para ficar grávida? Confira essas dicas.

Engravidar é uma prioridade em sua vida? Então chegou a hora de verificar se você está fazendo tudo direitinho para realizar esse sonho. Se começou a tentar há algum tempo e até agora nada, talvez seja necessário analisar melhor a saúde do corpo e da mente. Por isso, o primeiro passo é consultar o seu médico. Ele poderá avaliar que medidas tomar caso realmente haja algum problema. Mas lembre-se que, mesmo diante de um cenário negativo, o ideal é manter a tranquilidade. O equilíbrio emocional tem um peso enorme nessa empreitada. Antes de mais nada, é bom saber que se você está tentando engravidar há menos de um ano, não há porque entrar em crise. Essa demora é mais comum do que a maioria das pessoas pensa. Por tanto siga algumas dicas e aumente consideravelmente a probabilidade de engravidar!   A importância do planejamento Tudo que é planejado tem mais chance de sucesso. Com uma gravidez não seria diferente. Por isso é preciso se programar física, emocional e financeiramente. Se esse tripé está assegurado, com certeza a gestação irá se concretizar. Depois de procurar o ginecologista uma boa dica é consultar um nutricionista. Uma alimentação equilibrada favorece a gravidez. Vitaminas como a B6, A, C e E devem estar presentes em quantidade adequada no organismo, já que a deficiência de alguma delas pode prejudicar a mulher que está tentando engravidar. Ao montar um cardápio também é necessário levar em conta se você não está com sobrepeso. As gordinhas acabam tendo uma chance um pouco menor de engravidar. No entanto, nada de regime. A ideia é estar saudável e não... ler mais

3 dicas naturais de aumentar a fertilidade

Ficar pelo menos três meses sem tomar pílula, ingerir ácido fólico, não fumar, não beber álcool, fazer sexo no período de ovulação, iniciar uma alimentação saudável pelo menos quatro meses antes da tentativa de engravidar e dormir bem são atitudes singelas que aumentam consideravelmente a fertilidade de forma natural. Outras dicas são exercícios físicos regulares de forma moderada, controle do peso e, principalmente, da ansiedade. O estresse interfere nos hormônios, ainda com mais intensidade nos femininos, podendo ser um obstáculo para a fecundação. Vamos hoje, saber mais sobre estes cuidados. Acompanhe! Alimentação saudável e fertilidade Se você está querendo aumentar as chances de engravidar, adotar uma alimentação saudável é imprescindível. Quem está querendo ter um bebê pode ampliar sua fertilidade por meio da ingestão de alimentos como peixes, frutos do mar e carnes magras, fontes ricas em vitaminas do complexo B, Zinco, Ferro, entre outras. É ainda importante o consumo de frutas frescas e vegetais, fornecedores abundantes de vitamina C, bem como de laticínios, devido ao cálcio, e de pães e cereais enriquecidos. Uma das principais causas da infertilidade da mulher está ligada à incapacidade de ovular, problema que pode ter origem tanto no excesso como na escassez de peso. Mulheres muito magras, como atletas e dançarinas, têm baixa taxa de gordura no corpo, o que pode atrapalhar a ovulação. Do outro extremo, a obesidade também pode acarretar dificuldades de se produzir óvulos. O excesso de consumo de café pode também gerar infertilidade, de modo que não é recomendável ingerir mais de três xícaras ao dia. Gravidez e consumo de álcool O excesso de álcool pode causar alterações na... ler mais

Dicas para preparar o cantinho do bebê em apartamentos pequenos

Com a proximidade do nascimento do bebê, a ansiedade de ter seu pequeno no colo se mistura aos preparativos para recebê-lo. A montagem do enxoval e a decoração do novo quartinho tomam grande parte dos pensamentos dos pais. Presentes chegam e vão se somando aos outros que os pais compraram. Para algumas pessoas isso pode ser mais um problema. Alguns casais moram em apartamentos pequenos e que já possuíam todos os espaços ocupados por outras coisas. Como preparar um lugar pro seu pequeno em um ambiente que já era pequeno antes de sua chegada? Algumas dicas podem deixar o ambiente funcional e com a aparência de ser bem maior. Pinte o ambiente com cores claras Pintar o quarto com cores claras dá a impressão de aumentar o ambiente, além de manter um ar de serenidade e calma que pede o local. Invista em tons pasteis. Se for utilizar uma cor mais escura prefira usá-la em apenas uma parede. Escolha os móveis com cuidado Os móveis devem ser de um tamanho confortável e que caiba no lugar. Deve-se dar preferência aos que sejam multifuncionais. Por exemplo, berços que tenham uma cômoda acoplada ou com gavetas, ou camas que possuam gavetas ou outra cama por baixo. Deixar um corredor ou espaço para que se possa caminhar com segurança no ambiente é importante. Use o espaço vertical Todo espaço deve ser útil em ambientes pequenos, inclusive as paredes. Além das molduras com quadros, pode-se colocar prateleiras e nichos que servem para colocar brinquedos e objetos de decoração. Organizadores vão bem para guardar objetos que podem ficar espalhados desorganizando o quarto. Aproveite o... ler mais